Crise financeira atinge Silas Malafaia por não dar o Dízimo

O maior fuxico que tá rolando é a crise financeira que abateu o pastor Silas Malafaia, ele pregou tanto sobre a prosperidade mas ele não colocava em prática.

Entenda o que analistas dá fé explicam sobre este assunto, usando o argumento que quem Sem meia pouco pouco também vai colher.


O pastor prega que é obrigação dar o dízimo de 10% de tudo o que a pessoa pega, mais as ofertas e as campanhas e sei lá mais o que... Isto ajuda a destruir o demônio devorador! Isto atrai a prosperidade e a crise não pega a pessoa de jeito nenhum.


Para fazer seu pé de meia você precisa devolver pra Deus o dízimo dele, senão você vira ladrão de Deus.



Mas o pastor está despedindo seus funcionários e a crise pegou ele, porque ele tá roubando a Deus não dando o dízimo. 
Ele estava fazendo um trambique tipo da lava jato, todo dinheiro que ele pegava nas igrejas ou da sua empresa gospel e dos políticos ele devolvia para ele mesmo, um superfaturamento, e não devolvia nada pra Deus. Deus não gostou e tá levando ele a falência.

O esquema de corrupção era assim entenda:











Nenhum comentário:

Postar um comentário